quarta-feira, 3 de abril de 2013

Ainda bem que a TV não mostrou!

O torcedor que ouviu pela Eldorado sentiu nossa indignação com relação ao futebol apresentado por Criciúma e Noroeste que se enfrentaram pela Copa do Brasil, jogo de ida, 1ª fase da competição, nesta 4ª(03), em Baurú-SP. O zero à zero “premiou” a baixíssima qualidade do que mostraram as duas equipes. Sendo assim, o Criciúma perdeu uma grande oportunidade de se classificar sem precisar do jogo da volta. A atuação do Tigre foi, sem sombra de dúvida, a pior do ano! E, curiosamente, torcedores e jogadores da equipe local comemoraram o resultado. Ou seja, claramente, o Noroeste atingiu seu objetivo que era de conseguir chegar ao jogo da volta. Bruno trabalhou muito pouco. Os dois laterais, Suéliton e Márlon, foram muito mal...principalmente o esquerdo! Matheus e Fábio Ferreira não foram incomodados pelos atacantes adversários. Amaral não se preocupou tanto com a marcação porque não foi necessário. Élton não repetiu o bom futebol dos dois primeiros jogos. Ivo esteve apagado, à exemplo de Fabinho e Marcel. Já, Lins, pela voluntariedade, se “salvou” diante de tanta pobreza técnica. Jogo da volta será dia 17/04 e antes tem Joinville e Figueirense pelo Estadual.
Atacante Lins jogou um pouco mais do que seus companheiros mas não evitou o zero à zero de Noroeste e Criciúma.

3 comentários:

  1. Sim e são nestes jogos,JEC e Figueira,que saberemos da evolução ou involução da equipe.Foi de doer os ouvidos e de se irritar com tudo o que a equipe fez dentro de campo .Lamentável que o jogador entre em campo para defender a sua carreira tratando o torcedor e adversário com tanta indiferença.Não sendo assim só poderemos dizer que o criciuma tem uma das piores equipe de futebol do Brasil.Não basta você ter nome.É preciso ter qualidade,empenho e atitude em defeza do melhor.Nos debates esportivos ouço muito dizerem que o criciuma vem melhorando,não sei até que ponto isto é verdadeiro.Vi uma melhor organização em campo por imposição do treinador.Embora tendo ajeitado o posicionamento em campo da equipe,ainda não vejo uma evolução convicta daquilo que desejamos para uma equipe que pretende ser campeã e com capacidade de disputar um campeonato brasileiro.Para mim como torcedor,qquer time de futebol liquidaria a disputa em Bauru possibilitando em rendimento e produção para o clube tricolor.Não arriscaria ficar fora da próxima faze da Copa em prejuizo ao criciuma e. c..É preciso levar mais a sério.Assim como o clube tem grande responsabilidade nos pagamentos de salário e condicionamento fisico com o atléta,deveria tambem e muito mais o atléta ter com o clube.Não é questão de pensar com dureza e sim analizar os fatos como verdadeiramente são.Ao Giba,pelo fato de ser o mais coerente em seus comentários ,PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  2. Gilberto Custódio5 de abril de 2013 07:41

    Bruno...as vezes se fala ou se escreve o que muita gente não gosta ou não concorda. É natural! Afinal, as opiniões são divergentes e cada um "vê" o jogo de formas e com análises diferentes. E...o futebol também é apaixonante por isso. Entretanto, parece que há concordância geral sobre obrigatoriedade de uma melhora bastante considerável na qualidade do futebol para que o Criciúma faça campanha pelo menos razoável no Camp. Brasileiro.
    Obrigado, abraço e continue sempre opinando.

    ResponderExcluir
  3. Giba, a Conmebol está analisando homologar igual titulo do Bavai 1942'' o Figueirense como o primeiro campeão da copa sul americana, isso pode estourar ainda esse ano. Figueirense com titulo internacional heim, hummm vai dá cosa isso.

    ResponderExcluir