segunda-feira, 23 de março de 2015

Figueirense 0 x 0 Criciúma...esquema 1-10!!

Foi um retrancasso!! O Criciúma se propôs a dificultar o jogo para o adversário e conseguiu!! Luizinho Vieira armou esquema com apenas um volante de marcação...os jogadores se uniram em campo, mostraram certo comprometimento e dedicação e acabaram evitando uma derrota em Florianópolis. Por sua vez o Figueirense não jogou bem! Muito ansioso, não conseguiu furar o fortíssimo bloqueio defensivo do Criciúma e ainda por cima, seu próprio rendimento, foi bastante ineficiente. Só valeu pelo empate conquistado fora de casa.Pra efeito de Campeonato Catarinense, pouco ajuda o ponto conquistado! Continua “morre...não morre” dentro da competição e vai precisar ser mais ofensivo pra poder ganhar do Joinville, em casa, na próxima quarta-feira(25).

Individualmente...Luiz fez muito bom jogo! Suas defesas e intervenções impediram a derrota do Criciúma no Scarpélli. Esteve seguro e foi o melhor em campo! Nota 8. Ezequiel só melhorou seu rendimento ofensivo nos minutos finais algumas investidas pelo seu setor, a lateral direita. Cumpriu papel defensivo conforme o que lhe foi determinado pelo treinador. Nota 6. Joílson, a exemplo do que havia feito no Espírito Santo, pela Copa do Brasil, também realizou boa partida. Ele e Rafael Pereira demonstraram firmeza e competência...sem erros já vistos em outras partidas. Nota 7 pra dupla de zaga. Rômulo desempenhou função idêntica a de Ezequiel, só que na esquerda. Poucas vezes foi ao ataque e, assim, procurou mais se resguardar pra ajudar na marcação. Nota 6. No meio campo, Barreto realizou bom jogo e colaborou bastante com a proposta de Luizinho Vieira em priorizar o sistema defensivo. Nota 7. Quanto a Cléber Santana, dentro do que penso sobre futebol, é um desperdício usá-lo mais atrás no meio, quase como um segundo volante! Jogador de boa qualidade e com facilidades pra armar como Cléber, até pela sua qualidade, deve atuar na função de meia de ligação onde ele pode render mais ofensivamente. Mesmo assim, cumpriu bom papel! Nota 7. Natan se movimentou bastante e merece, também, referência positiva. Diferentemente de outras partidas, encontrou espaços pra jogar e chegou em algumas oportunidades na área adversária. Nota 7. Róger Guedes ficou fixo na direita e conseguiu alguns dribles e jogadas de efeito. Nada de excepcional, importante frisar! Nota 6. Lucca foi o mais acionado no ataque do Criciúma. Correu e se doou muito. Mas, rendimento efetivo, pouco conseguiu! Nota 5. Bruno Lopes foi quase um “auxiliar” de lateral direito!! De novo, executou aquela função que tantas vezes lhe foi atribuída. Ou seja, de voltar...voltar e marcar!! E...conseguiu!! De outra forma, continua encontrando dificuldades pra finalizar ao gol adversário. O atacante do Criciúma é, claramente, sacrificado pelo esquema de Luizinho Vieira que abdica de atacar...pra fortalecer o “voltar pra marcar”!! Nota 6. Usados, ainda, Vítor Míchels e Kalil que tiveram pouco tempo pra apresentar futebol que merecesse avaliação.

Em relação ao técnico Luizinho Vieira...mudou o jeito do time jogar, pelo menos pra essa partida, e sua idéia acabou, pelo menos, evitando que o Criciúma perdesse! O Criciúma se defendeu com eficiência...claro! Tanto que o goleiro Luiz foi o melhor em campo! Além disso, no que quesito marcação, o Criciúma foi muito bem! Masss...considero muito pouco pra um time da tradição no Estado, com uma rica história de vitórias, como é o Criciúma...e ser tão covarde como foi neste domingo(22), diante do Figueirense. Nota 5.

Passarinho Arrepiado e os números de Figueirense 0 x 0 Criciúma. Foram 46 faltas no jogo...número alto! 21 do Figueirense, 25 do Criciúma. A gol, o Criciúma chutou 7 vezes, o Figueirense 3. Pra fora, 8 conclusões dos “manezinhos”, e 4 do Criciúma. Escanteios...6 a 4 pro Figueirense. E...impedimentos...2 no ataque do Figueirense e 1 no ataque do Criciúma.

3 comentários:

  1. Rapaz...você está contra o Criciúma,só pode.Desde quando foi retranca.Sinceramente você viu outro jogo ou ficou com os cacoetes dos jogos ruins que tivemos lá atrás.Não pode.O seu comentário está todo inverso do que penso.Desta vez você errou mesmo.Isto é indignação? kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Gilberto Custódio24 de março de 2015 12:45

    Caro amigo Leandro...NUNCA estive contra o Criciúma!! Com 52 anos, praticamente tenho uma vida toda ligada ao clube, seja como funcionário, repórter ou agora como comentarista! Lembro que cheguei a gazear aula no Michel pra ver o então Comerciário treinar...nem jogo era!! Contra? NUNCA!! Mas é apenas uma questão de opinião! Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Gilberto.
    Foi uma baita retranca. Coisa de time pequeno, coisa que o Tigre não é. Esse projeto de base já deu o que não tinha pra dar, pois é evidente que nenhum jogador da atual base tem futebol pra jogar no time titular as verás. Eu pensava que o Ruan era o único aproveitável. Nem ele, pois vive com lesões.
    O pior é que até o técnico é da base. E já mostrou que deveria ter ficado por lá. Aliás teve três anos pra testar o time da base e ainda não tem convicção de quem serve ou não. E segue o provincianismo. ..
    Emerson Campos

    ResponderExcluir